sexta-feira, junho 04, 2010

Bons Tempos

Escrito por Ocimar Raphael Gama.

 Eu lembro como se fosse ontem quando eu sentava na sala para assistir os desenhos da época, como: Caverna do Dragão, Smurfs, Digimon (O Primeiro!), DBZ, Pokemon, Cavaleiros do Zodíaco, Ursinhos Carinhosos, He-man, Power Rangers e muitos outros, minha mãe costumava gritar: "Filho, saia da frente da televisão e faça sua lição de casa!", eu, obviamente, reclamando mas obedecia, apesar dos gráficos não serem tão bons e suas dublagens ruins, os desenhos eram o máximo!

 Hoje em dia, só escutamos falar de Avatar (o filme) e outras tecnologias 3D, mas percebemos que a simplicidade de um desenho foi perdida, agora, as crianças só querem saber de computador, video game, celular e mp3, eu lembro que costumava jogar Atari e logo depois ganhei um Mega Drive, mas só jogava depois dos deveres cumprido e dependia se eu estivesse obediente, quando mencionamos isso, estas crianças dizem "O que é Atari? Não tinha celular? Como vocês conseguiam viver?" Mal sabem elas que esse video game foi a revolução da época, e o computador? Hoje, um produto quase indispensavel dentro de um lar, mas que antes não existia, assim como o celular, são produtos que, agora, não sabemos viver sem, aliás, sabemos sim, mas não podemos dispensa-los por causa de nossos contatos que podemos perder, bem como oportunidades.

 Ás vezes, me pergunto, que rumo a história teria tomado se não existisse essa evolução tecnológica que nos rodeia, como seria a nossa vida sem ela? Pois ao mesmo tempo que ela aproximou as pessoas, ao meu ver, ela afastou também, pois os timidos, atualmente, se escondem atrás de um computador e não o usa para se aproximar e sim para se afastar cada vez mais, fora crimes virtuais que está ficando mais frequente a medida que evoluimos na era digital.

 Uma coisa é certa, antes, nós tinhamos muito menos problemas e as despesas eram muito menores do que hoje em dia, pois não tinha internet, telefone fixo era para poucos, coisas de luxo de antes que agora todos tem sem ao menor esforço. Voltando ao inicio do texto, sobre os desenhos, da uma certa nostalgia lembrar disso, a ingênuidade com a simplicidade, saudades de quando eramos crianças e sem precisar ficar se preocupando com o que passa no mundo, saudades de quando as pessoas se importavam mais umas com as outras, uma pena que esse espirito tenha se perdido e que é apenas lembrado em certas datas comemorativas do ano. Bons Tempos.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens Populares

.

.