segunda-feira, junho 08, 2009

Sem Título

*Quando a esperança é insuficiente
*Quando o amor não é o bastante
*Quando deixa de existir a confiança
*Quando o medo toma conta
*Quando o respeito dá lugar ao desrespeito
*Quando não mais me deito
*Quando falta convicção
*Quando o não deixa de ser uma opção
*Quando todos te julgam, mas ninguém lhe entende
*Quando surge a loucura demente
*Quando as lágrimas descem como um rio
*Quando só nos resta o frio
*Quando dois é apenas um
*Quando o coração não faz mais "tum-tum"
*Quando não se tem mais um compromisso
*Quando resolvemos tomar um chá de sumiço
*Quando o trabalho e o esforço desaparece
*Quando nossa alma enlouquece
*Quando deixamos de viver
*Quando só nos falta morrer
*Quando nada mais vale a pena...

Eis que surge a solidão plena, o vazio e o seu lado sombrio, o desejo de se estar junto quando na verdade estamos só, um grande buraco na nossa vida é aberto que nos deixa sem teto, lágrimas são constantes e o sorriso não é mais radiante, falta animo até para mudar de canal da televisão, não esperamos mais nada... nem da solidão até que morre o coração, a angustia é forte, o desejo é fraco, queremos pular, não de alegria, mais pular do alto de um prédio, depressão? nops, é insatisfação de quando esperávamos tudo e de todos e não recebemos nada, nem de ninguém, completamente sozinhos, abandonados por aquele que não-o-nomei-o-mais que nunca existiu... pra nós também o que já foi extinta antes mesmo de nascermos é a sorte, talvez só em roleta russa.. aí... ganharemos a morte, momentos em que faltava tudo, mas não importava pois tinha o necessário pra continuar, e quando o necessário deixou de existir a vida passou a ser vivida por obrigação, sem animação, com muita dor... sem amor, mas ainda estamos aqui, por que? O Medo tomou conta, medos aqueles que não tinhamos, aqueles que não existiam, e junto com ele, a vergonha, os dois juntos é uma coisa fatal, acaba com a auto estima de qualquer um, é aí que percebemos ser um rélis mortal, tentamos em frente seguir, mas tem algo que não nos deixa prosseguir, não sei ao certo o que, mas nossas vidas não são mais as mesmas, nunca foram, mas só agora... que demos conta.


Texto criado por mim mesmo

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens Populares

.

.